sexta-feira, 1 de junho de 2007

Diferenças entre o DNA e o RNA

Todo mundo que faz biologia sabe de cor quais são as diferenças entre o DNA e o RNA: o RNA tem um oxigênio a mais na pentose que o DNA, e além disso tem uma base diferente, a uracila no lugar da timina. Isso sem falar que é uma molécula de fita simples...
No entanto, pouca gente parou para pensar nas diferenças... Por que será que ser um ribonucleotídeo é tão diferente de ser um desoxirribonucleotídeo? Já parou pra pensar no que uma molécula de oxigênio pode fazer a uma molécula? A coisa mais trivial que o oxigênio faz é tornar a molécula mais reativa, ou mais susceptível a reações com outras moléculas. Ora, para um DNA isso seria um péssimo negócio, já que é a tal da molécula da hereditariedade, e portanto precisa ser protegida desse tipo de problema. Por outro lado, o mRNA pode ser pensado como uma molécula mais efêmera (ou temporária), que é produzida quando uma proteína precisa ser sintetizada dentro da célula. Nada melhor que ter uma vida curta nestes casos, só pra evitar que fique sendo traduzida no citoplasma ad eternum, o que seria um problemão para a célula.
E a uracila? A uracila é uma timina sem um grupo metil... Já adivinhou? Pois é, o metil é o grupo que protege os ácidos nucléicos (o outro nome do DNA e do RNA) das nucleases... Bom, como a timina é a única base nitrogenada que tem um grupo metil, pode-se imaginar como o metil protege o DNA de danos causados pelas nucleases, coisa que o RNA não tem...
Pensando um pouquinho mais pra frente, o RNA recebe uma capa protetora na extremidade 5' que tem, entre outras coisas, vários grupos metil. Na outra extremidade ele recebe uma cauda poli-A, que serve basicamente para sofrer os ataques de outras moléculas enquanto as proteínas são sintetizadas. Como a cauda acaba sendo extinta, pode-se dizer que esta cauda controla o tempo que o RNA pode permanecer no citoplasma como molde para a produção de proteínas...

E quanto ao DNA? O DNA fica no núcleo, guardando muito bem guardados os moldes para a produção de toda e qualquer proteína do organismo...

10 comentários:

karen disse...

Adorei o texto!!
sou aluna de biologia e achei muito interessante!!!
obrigada, vai fazer muita diferença na minha vida ;)

Anônimo disse...

Cíntia-Ufrgs: Gostei mto do texto, sao coisas super simples de se saber, mas que fazem toda a diferença ateh na hora de lembrar numa prova. Nota 10! ^.^

larissa disse...

puxa.. adorei o texto!
obrigada por colocá-lo aqui! =D
Faço Ciências biológicas e acho que minha professora de biologia celular vai pedir uma questão sobre isso na prova!
beijoss

' Nah disse...

Sou aluna de Biomedicina.
Adorei o texto me ajudou mto a tirar minhas duvidas, mto facil de entender amei *-*

' Nah disse...

Sou aluna de Biomedicina.
Adorei o texto me ajudou mto a tirar minhas duvidas, mto facil de entender amei *-*

Anônimo disse...

Oi, sou aluna da UESC, faço biologia, estou fazendo um trabalho sobre esse assunto.
Amei o texto me ajudou muito!!
obrigado!

LUIZ MOREIRA disse...

Sou um amante da biologia, apesar de ter me formado em tecnologia (informática) Eu tinha curiosidade de saber porque quando eu estudava biologia nos livros, via a uracila, citosina, guanina, timina e adenina sempre juntas. Agora voltei a me interessar pelo assunto e percebi que a uracila nunca estava presente no DNA. Ai fui pesquisar o porque e cheguei a esse excelente texto. Obrigado.

Joaquim Manuel Zimoa disse...

É isso ai

Joaquim Manuel Zimoa disse...

É isso ai

suel disse...

sou aluna de nutrição gostei muito .vou tira nota 10 na prova. meu nome sueli.